Johnny Depp – posicionamento de carreira

by

Depp na pele do Chapeleiro Maluco, em Alice no País das Maravilhas

Os filmes que ele faz são sucesso de bilheteria, ele recebe cachês milionários, as mulheres morrem por ele, ele é referência em moda e estilo, mas nem tudo isso faz Johnny Depp ser unanimidade entre os críticos de cinema. Muito pelo contrário, alguns o consideram um ator limitado.

Depp já atuou em aproximadamente 50 filmes, o que é coisa pacas pra idade dele, 46 anos. É mais ou menos um filme por ano de vida, sendo que a estréia foi em 1984 –  no clássico “A Hora do Pesadelo”, do monstrengo Freddy Krugger – quando ele “já” tinha 20 anos.

Matemática à parte, o cara já fez muito filme mas, sem pensar muito, selecione aqueles que vêm primeiro à sua mente. Seriam Alice no País das Maravilhas (claro), Piratas do Caribe, Edward Mãos de Tesoura, A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, A Fantástica Fábrica de Chocolate e Sweeney Todd, O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet, entre alguns outros?

O hilário Jack Sparrow é um dos personagens mais famosos de Depp

Alguma coincidência entre estes filmes acima, além do fato de quase todos terem sido dirigidos pelo excêntrico Tim Burton? Sim: em todos estes filmes Depp vive personagens, no mínimo, peculiares. E é daí que vêm as críticas ao ator.

Ontem mesmo, tomando um café, peguei uma revista, comecei a folhear e me deparei com uma coluna do crítico Rubens Oswald Filho onde ele apontava exatamente a “falta” de versatilidade do ator como a base de diversas críticas que ele recebe no seu país de origem, os EUA. Ok, você pode dizer que Depp atuou em alguns outros papéis importantes onde ele demonstrou outras habilidades (como Don Juan De Marco, Donnie Brasco ou Em Busca da Terra do Nunca). Mas é inegável que Johnny Depp ganhou destaque e fama por conta de um direcionamento em sua carreira que foi impulsionado por Tim Burton.

Em Busca da Terra do Nunca. Sir James Matthew Barrie não é bem como estamos acostumados a ver Johnny Depp, é?

E é exatamente este direcionamento que eu achei interessante. Oras, o cara é obrigado então a ser bom em tudo? A empresa que você trabalha, por exemplo, é boa em tudo ou ela identificou aquilo que faz melhor e se posicionou no mercado? Vejo Depp aqui como uma empresa, que soube muito bem usar o posicionamento estratégico para diferenciar-se e ser lembrado por todos como um ator diferente, por assim dizer.

Um dos primeiros papéis de destaque de Depp, como o estranhão Edward Mãos de Tesoura

Posicionamento estratégico e marketing pessoal… viu só? Conceitos de marketing são aplicáveis em todos os setores e, pelo visto, funcionam muito bem!

Anúncios

Tags: , , ,

4 Respostas to “Johnny Depp – posicionamento de carreira”

  1. Nancy Says:

    Muito boa análise comparativa!
    kisses

  2. neypereira Says:

    “Tomando um café, lendo uma revista (Seria a Bravo?) com texto do ROF”? Pô, esse blog tá ficando sofisticado pra cacete! Hahaha…

  3. Luciana Says:

    Adorei o post! 🙂 Alias adoro o blog da pimenta 🙂

  4. rodolfo yamada Says:

    o cara está frequentando MTAS aulas de mkt na FAAP! rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: