5 tendências para ficar de olho em 2011

by

E lá se vai mais um ano na vida de todos nós. 2010 foi um ano rápido, pautado nas interações velozes (e por vezes vazias) e uma procura cada vez maior do mundo pelas redes sociais que, se alguém tinha dúvida sobre seu poder, vieram para ficar (e alterar o mundo como o conhecemos). No fim do ano passado tivemos alguns dos fenômenos previstos aqui (e que acertei 4 de 5), mas novidades surgiram que nem mesmo Nostradamus preveria.

O futuro da comunicação

O futuro da comunicação

Portanto, antes de começar 2011 e olhando para aquilo que vem ocorrendo em 2010, lá vão meus pitacos e dicas para serem acompanhadas de perto, pois, se já não explodiram, provavelmente o farão no ano que está por vir:

Mobile

Muita gente tem mencionado a questão da Localização (algo que foi dito por mim no fim do ano passado), porém acredito que a dimensão disso é bem maior. É cada vez mais constante o número de smartphones no mundo, existe uma tendência de que todos estão passando de seu celular simples (com uma eventual câmera e/ou rádio FM) para aparelhos mais sofisticados, com mais alternativas. Localização, neste caso, se torna apenas parte de um todo que envolverá transações bancárias, interações de consumo e produção. O crescimento da sociedade de consumo de conteúdo (e da diminuição do grupo de produtores do mesmo) será chave para este fenômeno.

Grupos de compra

Sim, você já deve conhecer. Sim, já está bem disseminado em nossa cultura online. Mas depois de o maior dos grupos de compra ter recusado uma oferta de US$ 1 bilhão, é de se esperar que eles tenham uma carta na manga. Ou duas. Acredito eu que 2011 será marcado por uma alteração na sociedade de consumo e estes grupos de compra serão os grandes responsáveis por isso. Por enquanto, eles ainda são genéricos (até certo ponto) e oferecem ofertas variadas, sem um foco apenas. Mas com o crescente interesse em consumidores por cupons, a ideia de grupos menores me parece bastante válida. Lembremos que as informações do hábito de compra dos consumidores continua sendo o mais importante asset de uma empresa, seja on ou offline.

Curadoria do Consumidor

A internet hoje é, sem dúvida alguma, um local infindável de informações. Seja sobre como se curar de uma gripe, passando por como cultivar seu cactus, até mesmo sobre qual o pior vilão de todos os tempos. A questão que fica, em qualquer caso, é: Essa informação é confiável? É boa? Claro que, quando advinda de núcleos de informação respaldados (NYTimes, NASA, USP, etc), temos uma tranquilidade sobre a veracidade das informações, mas, para a grande maioria, quem decide o que é válido são os próprios consumidores. A utilização do botão “Like”, no Facebook, é um indicativo disso: Ele está espalhado por praticamente todos os sites grandes que medem sua aceitação através do mesmo. É natural, portanto, que o consumidor seja o responsável por disseminar a informação/promoção, bem como dizer se a marca é boa ou não. E essa resposta “espontânea” se torna tão ou mais valiosa do que dinheiro, ao longo do tempo.

Q&A (Perguntas e respostas)

Esta ainda acho que demora um pouco para pegar de vez aqui em nosso país. Mas com certeza será foco de muita empresa em redes sociais. O próprio Facebook já investe, “secretamente”, muitíssimo dinheiro com isso. Não interessa apenas saber que você tem consumidores, saber o que eles pensam e querem é tão importante quanto. Além disso, no lado “bom”, temos iniciativas de Conhecimento Coletivo, em que usuários perguntam e usuários respondem, dando seu aval para as respostas certas e/ou complementando-as quando necessário. Um bom exemplo disso e que devemos ficar de olho é o Quora.

Facebook

A rede social já é um monstro. Exceção feita aos países do BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China), o Facebook hoje já domina praticamente todas as interações sociais primárias e dá sinais de que seu ponto de quebra está chegando. Ou não. A introdução do Facebook Connect, em que usuários podem usar suas identidades “facebookianas” em diversos sites da web, e mais recentemente do Facebook Credit, são indícios de que a rede social está diversificando seus produtos, seu foco. Enquanto o primeiro permite que se crie um histórico do usuário sobre suas “andanças” online, o segundo cria valor monetário entre o usuário e a rede (lembremos que as vedetes online Farmville, Mafia Wars, Bejeweled e Café World são inseridas aqui), que passa a administrar o lucro que antes era apenas de “parceiras”. Não acho que o Facebook seja eterno (já vimos tanta coisa quebrar a cara no universo online e que consideramos anteriormente como verdades – AOL, Internet Explorer,  Yahoo!, GeoCities…), mas ainda acho que tenha gás o suficiente para continuar sendo um dos Trending Topics de 2011.

E você, concorda? Tem outras ideias? Esqueci de algo interessante? Opine aí embaixo!

Anúncios

Tags: , , , , , , , , ,

3 Respostas to “5 tendências para ficar de olho em 2011”

  1. Juju Says:

    Mas que post fantástico! Adorei, vou procurar mais sobre esse quora, deve ser muito legal mesmo!

    Parabéns, moço!

  2. Emmanuel Says:

    Gá, muito bom! Eu só acrescentaria a explosão dos tablets, que deve ocorrer em 2011. Isso reflete a procura das pessoas por ferramentas práticas, rápidas, “a um clique de distância” e que possam otimizar o tempo tão escasso que possuímos nos dias de hoje… Apesar de não ser conceitualmente um substituto direto, muitos já estão deixando seu PC de lado para utilizar o seu ipad, Galaxy Tab e outros tantos…

    abs

  3. Gabriel Mafra Says:

    Foca, concordo contigo, porém Tablets são mais relacionadas a hardware, por isso eu as deixei de fora!

    Com certeza já tem seu espaço no mercado, desbancando os netbooks.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: