Posts Tagged ‘Cerveja’

The lighter side of dark

15 de agosto de 2011

Outdoors – ou billboard, como dizem os gringos –  são peças geralmente chatas, sem graça alguma. Eu particularmente não sinto falta deles em São Paulo e acho que a Lei Cidade Limpa foi muito benéfica pros judiados olhos paulistanos. Mas de vez em quando, em terras longínquas, surgem ótimas ideias que fazem dessa peça algo bem interessante. Os americanos são bons nisso, e esse outdoor feito por uma dupla de artistas Nova-Iorquinos é um excelente exemplo.
(more…)

Experimentadores

15 de março de 2011

Muito se fala na importância da experiência no processo de aproximação de marcas e consumidores. Mas, além de extraordinária ferramenta de marketing, experiências são produtos cada vez mais prestigiados e requisitados.  Fácil notar isso quando vemos empresas como Viva! Experiências, Jazzside, Peixe Urbano ou Grupon, totalmente focadas – ainda que em níveis diferentes -em venda de experiências.

E experiências podem ser agregadas em praticamente qualquer segmento, ainda que ele pareça ser predominantemente de bens (produtos). Claro que podemos argumentar que produtos proporcionam experiências: um home theater, um vinho, um iPad… Produtos podem, e devem proporciar momentos únicos aos seus compradores, mas isso acontece depois que eles saem da prateleira. Agora, que tal agregar experiência no produto ANTES dele chegar às gôndolas?

(more…)

“Eu já sabia!” – dizia o manguaça

27 de janeiro de 2011

A cerveja pode não ser a melhor, mas o copo tem que ser Americano

Quem frequenta boteco – e veja, estou falando boteco, não bar – pede pra trocar de copo se a cerveja é servida num tulipa, num copo de requeijão ou numa caneca de vidro. “Meu amigo, isso não é copo pra cerveja” – geralmente exclama um manguaça, que é rapidamente endossado pelos outros da mesa.

Botequeiro que é botequeiro sabe: copo bom é Copo Americano. E faço questão de usar C e A maiúsculos ao citar esse minimalista porém fabuloso modelo de copo criado pela empresa brasileira Nadir Figueiredo em 1974.

(more…)